Como Fazer uma Monografia ou TCC Pronto

MONOGRAFIA e TCC PRONTO

imagem que demonstra:  como fazer uma monografia, trabalhos academicos, monografia, tcc pronto, normas abnt, cursos online gratis, como passar em concurso, concursos abertos, anteprojeto de monografia tcc,

TIRE SUAS  DÚVIDAS SOBRE MONOGRAFIAS E TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO – TCC 

O Trabalho de Conclusão de Curso, também chamado de TCC, e as Monografias acadêmicas são pontos sobre os quais há muita expectativa. Como é de se esperar de um trabalho que se submete aos padrões de produção científica, o TCC / MONOGRAFIA devem respeitar parâmetros. De forma semelhante a uma receita de bolo, se você perder a mão em alguma das etapas ou errar em algum dos ingredientes, o seu trabalho vai perder a mão e todo mundo vai fazer cara feia na hora de prová-lo (avaliá-lo).

Qual a diferença entre Monografia e Trabalho de Conclusão de Curso (TCC)?

O TCC é uma atividade intelectual escrita que deverá ser entregue no final de um curso (médio/técnico e superior/graduação). É realizado nos últimos semestres de graduação, pode abordar vários temas dentro de um mesmo tema, podendo ser realizada por um ou mais alunos, a critério da instituição.

A monografia, assim como o tcc, é uma atividade intelectual entregue no final de uma pós-graduação. A diferença está no fato de que está será realizada individualmente (não admitindo coautoria) e o tema/problemática abordado é específico (centralizado).

Em resumo, o TCC é um gênero do qual a monografia é espécie.

Assim, conforme o curso ou instituição o TCC pode ser requisitado sob a forma de uma, um artigo científico, um relatório de pesquisa de campo, um relatório de atividade de extensão, entre outros.

Então, o que é um TCC?

A abreviatura TCC, significa Trabalho de Conclusão de Curso. Trata-se de uma avaliação acadêmica requerida no Brasil pelo Ensino Técnico e Superior como forma de verificar o aprendizado do aluno durante o curso escolhido.

Existem várias formas de fazer um TCC, conforme explicado na questão anterior. O graduando pode estudar um caso mais afundo; pode revisar livros já existentes e organizá-los em seu trabalho por meio de um fichamento técnico; pode ser uma pesquisa de recepção; e, até mesmo, um projeto arquitetônico ou urbanístico.

O que é uma Monografia?

A monografia é uma dissertação organizada que tem a finalidade de reunir  informações referenciadas de autores renomados em uma só obra (trabalho acadêmico).

Para a execução de ambos, é necessário que o autor siga os padrões criados pela ABNT.

IMPORTANTE…

Em se tratando de monografias e importante destacar que muitas instituições vão exigir dos alunos, a apresentação de um  “anteprojeto” que, traduzindo em miúdos, é um rascunho do trabalho que será desenvolvido.  

Aliás, na minha opinião, todo tcc ou monográfia deve começar a partir de um anteprojeto que servirá, num primeiro momento para organizar todo o trabalho que será devenvolvido. Isso vai otimizar o seu tempo e evitar erros grosseiros.

O que tcc´s e monografias têm em comum?

Ambos possuem um ponto em comum que é a exigência de demonstração, pelo aluno, de uma síntese articulada de todo o conhecimento global estudado na sua área de formação. Como já deu a entender, não se trata de uma avaliação de desempenho profissional, mas de uma ferramenta de estudo científico e é exatamente essa característica que os faz tão formais. Mas é exatamente essa padronização que possibilitará com que o seu trabalho seja compreendido por outros profissionais e estudantes da área.

Um bom TCC / MONOGRAFIA envolve a produção de 04 (quatro) etapas:

A PRIMEIRA é a formulação de um anteproprojeto;

A SEGUNDA o desenvolvimento de um processo investigativo sobre um problema e o desenvolvimento da parte escrita;

A TERCEIRA: A edição do trabalho.

e, por último, a QUARTA que envolve a entrega da obra e, possivelmente, a sua defesa junto a banca examinadora;

Estas quatro etapas, conjugadas, darão a sua obra um caráter diferente dos trabalhos normais que são exigidos no decorrer do curso.

DADAS AS EXPLICAÇÕES INICIAIS, VAMOS AO QUE INTERESSA:

A primeira etapa da monografia / tcc compreende a elaboração de um projeto de trabalho, chamado simplesmente de ANTEPROJETO. Nessa fase, será atendido o primeiro dos quatro requisitos necessários a elaboração da obra completa. É necessário dar bastante atenção a esta fase. Pra se ter ideia da sua importância, posso citar o fato de que algumas faculdades e universidades, exigem dos interessados em disputar uma vaga ou uma bolsa para mestrados ou doutorados que estes apresentem, como pré-requisito de admissibilidade, um anteprojeto.

1ª ETAPA) A escolha do tema e organização da pesquisa do anteprojeto:

Escolha um assunto com o qual você tem mais afinidade, aquele com o qual você se identifica e provavelmente pretende trabalhar. Nessa etapa, preocupe-se em definir e delimitar o tema e levantar uma problemática (questão ou hipótese), cuja resposta será desenvolvida no corpo da sua monografia ou tcc.

Essa fase compreenderá um processo exaustivo de pesquisa, onde o acadêmico fará o levantamento bibliográfico dos livros utilizados, referências e fichamentos, cuja evolução deve ser demonstrada por meio de um CRONOGRAMA, como esse abaixo:

Fase de Pesquisa

Fev

Mar

Abr

Mai

Jun

1-Escolha do Tema, Formulação e Problema
2-Levantamento Bibliográfico
3-Documentação
4-Elaboração do Projeto
5-Coleta de dados, trabalho de campo
6-Analise de dados, teste da hipótese
7-Pré-teste e revisão da Metodologia
8-Redação final do trabalho
9-Apresentação do TCC

Querem ver como é um exemplo de anteprojeto?

Separei um modelo jurídico pra vocês tirarem as dúvidas. Clique no link abaixo e veja um exemplo prático:

modelo de anteprojeto de monografia

2ª ETAPA)  Execução da monografia / tcc:

Corresponde à realização do projeto propriamente dito. Infelizmente, a primeira impressão que cada acadêmico tem, antes de se informar sobre os aspectos formais, é a de que precisará escrever uma obra de sua autoria.

Eu também achava isso….  Que teria de escrever um livro…

Na verdade, o trabalho de conclusão de curso e a monografia, assemelham-se a um quebra-cabeças. Não é a sua opinião que vai estar lá, pelo menos diretamente, mas as dos autores cujos apontamentos você levantou no anteprojeto.

É lógico que iremos selecionar autores que tenham o pensamento coincidente com o nosso. Então, se serve de consolo, indiretamente, é a sua opinião que estará lá.

Apenas nas últimas duas páginas (conclusão) é que o acadêmico poderá dizer o que realmente pensa a respeito e expressar -se com suas próprias palavras.

ENTÃO, QUANDO É QUE EU VOU COMEÇAR A PRODUZIR CONHECIMENTO PRÓPRIO?

Enquanto graduados (bacharéis) ou especialistas (pós-gradados) esse será o sistema. Somente a partir do mestrado é que, realmente, começaremos a produzir conhecimento nosso (novo). Em pratos limpos, significa que apenas a partir do mestrado é que a nossa opinião começará a ser importante.

Neste diapasão, já que não é a nossa opinião direta que vai estar impressa na obra, o texto, então, deverá ser redigido em 3ª (terceira) pessoa. Isto ratificará a impessoalidade da obra, semelhantemente a uma matéria jornalistica.

É imprescindível que o aluno, utilize um linguajar técnico, com gírias próprias do curso que escolheu e mostre domínio sobre o assunto.

Além disso, o tema escolhido deve ser explorado e o aluno deve discorrer sobre as hipóteses e variantes do problema que escolheu atacar.

A conclusão, deve ser objetiva e percorrer os pontos mais relevantes. Capriche ai, pois é apenas nessa parte que você poderá expressar, diretamente, aquilo que pensa.

3ª ETAPA) EDIÇÃO DA MONOGRAFIA / TCC (TERMO DE CONCLUSÃO DE CURSO)

Corresponde a parte estética e formal onde serão verificados detalhes como o tipo de fonte utilizada para digitação, espaçamentos dos parágrafos e entre estes, tipo de encadernação, cor da capa, etc.

DICA IMPORTANTE: Muita gente gasta um tempo enorme nas primeiras duas etapas da monografia e presta pouca atenção a parte da apresentação, alegando que se preocupar com formalidades, desde o início,  implicaria em prejuízo ao processo criativo (redação).

Se você for um desse, assim como eu fui, saiba que a edição do TCC / Monografia é uma das partes mais chatas de se fazer. Então, o melhor mesmo seria se o acadêmico fosse editando a obra conforme esta fosse sendo digitada ou que, ao menos, houvesse um boneco (molde pré-configurado) onde pudesse ser feita a digitação de forma direta, sem que você tivesse que se preocupar com maiores detalhes e normas da ABNT.

AH! AH! AH!

Como sou um cara muito, muito legal mesmo… Vou deixar, no final matéria, um link para download do programa MONOGRAFANDO. Além de ser totalmente gratuito e disponível em diversos sites de tecnologia como o baixaqui, ele é uma mão na roda para quem quer organizar a monografia ou o TCC de acordo com as regras e formalidades da ABNT.

Acredito que isto vai facilitar muito a sua vida. Pena que ninguém sabia de nada disto pra me ajudar quando eu precisei!!!!! Pra minha infelicidade, isto só veio depois. Mas, se depender de mim, a partir de agora, ninguém mais vai passar por este problema.

Se tiverem alguma dificuldade em entender como o programa funciona o próprio baixaqui dispõe de um tutorial (manual do usuário) pra ensinar a você a mexer com ele.

4ª ETAPA) ENTREGA E DEFESA DE MONOGRAFIA / TCC (TERMO DE CONCLUSÃO DE CURSO):

Como toda investigação que possui caráter científico, a sua obra deve ser submetida ao crivo da crítica. Isto será levado a efeito, por meio de uma banca de avaliadores, composta de três professores: o orientador e dois outros professores escolhidos de acordo com sua habilitação técnica em relação ao tema de investigação. A banca de exame final é um mecanismo que possibilita a avaliação da monografia / tcc sob diferentes perspectivas. Serão mensuradas a consistência lógica da investigação, a coerência entre o problema apresentado o nível de demonstração e a sua  validade argumentativa, postulados e a corroboração empírica.

Do ponto de vista do aluno, a defesa diante de uma banca examinadora significa a possibilidade de testar sua competência discursiva, exercitar sua capacidade argumentativa e de defender sua perspectiva, frente a outras. Ao mesmo tempo, permitir-lhe-á esclarecer elementos de seu trabalho que possam ter ficado obscuros ou frágeis do ponto de vista de sua consistência ou pertinência científica. Neste sentido, a defesa da monografia exercitará a capacidade lógico-dedutiva (análise e síntese) do aluno, sua fluência, em termos de expressão e defesa de suas idéias, bem como sua capacidade de resposta, frente a argumentos distintos daqueles que desenvolveu. A necessidade de defesa, diante de uma banca, justifica-se, então, como inerente ao próprio caráter de iniciação científica, como mecanismo de aprendizagem do próprio discente e como fator que exercita as faculdades discursiva e argumentativa.

QUANDO ISTO ACONTECE?

Cada instituição de ensino (faculdades e universidades) têm regras próprias para a sua utilização. Algumas vão requisitar que o candidato defenda a sua tese, quando o trabalho apresentado não atingir a nota mínima exigida para aprovação ou quando este possuir pontos em aberto (caráter complementar). Para outras, a suspeita de plágio pode ser um fator determinante para que isto aconteça.

ENTÃO, CUIDADO COM O PLÁGIO!!!

Tome cuidado. Muitas pessoas, às vezes, comportam-se como se fossem detentoras de conhecimentos secretos que ninguém mais possui. Nominam-se os “espertos” e acreditam que todos os outros não o são.

Quer uma dica valiosa? Evite o “CTRL + C” e o “CTRL + V”, pois isto é facilmente detectável.

Sabe como os examinadores fazem isso? Simples. Eles apenas inserem no google uma parte do texto de sua monografia entre “aspas” (busca específica) e verificam, por amostragem, o seu conteúdo. Se você copiou de alguém, isto vai aparecer na mesma hora bem na cara do examinador.

Então pare de se achar a pessoa mais “esperta” do mundo e trabalhe um pouco pra variar.

Outra coisa fácil de perceber é o ESTILO. Cada indivíduo é um ser único e isso reflete em tudo que ele faz, inclusive, no seu estilo literário (dissertação). Então, se você vai montar uma monografia com partes de pesquisas diversas, o examinador vai sacar na hora a mudança de estilo entre os autores que você plagiou e ai já era…..

Uma outra opção arriscada e contratar mão-de-obra terceirizada pra fazer todo o trabalho pesado que você deveria fazer. Por mais que eles digam que a monografia / tcc que farão pra você será personalizada, nunca se esqueçam que em caso de falhas, será o seu título e o seu nome que correm risco. E, acreditem, já vi muitos casos de alunos que perderam os seus títulos por conta desta mancada.

CONSELHO DE AMIGO:

Muita gente me pede conselhos sobre TCC´s e Monográfias e entre tantas coisas que digo, uma das mais importantes é a de que seja qual for o tema escolhido para o seu trabalho, pense alto. É fato que, hoje em dia, a dinâmica social vai fazer com que você vá além da graduação. Então, quando for escolher o tema do seu TCC pense em algo que você possa aproveitar para emendar na pós-graduação ou no mestrado. Se você fizer isso, poderá aproveitar os fichamentos que fez, a bibliografia e tudo aquilo que escreveu. Isto vai te poupar um tempo enorme lá na frente.

Esse foi outro conselho que não me deram, então, acho que você me deve uma cerveja por isso (Eh! Eh!)

ASPECTOS PRÁTICOS

Daqui pra frente, a nossa conversa será mais formal. Abaixo, abordarei apenas os aspectos práticos e formalidades da ABNT. 

O SEU ANTEPROJETO DE TCC OU MONOGRAFIA DEVE SER ESQUEMATIZADO E OBSERVAR OS SEGUINTES PONTOS:

I. Finalidades do projeto de pesquisa

– mapear o caminho a ser seguido durante a investigação

– permitir que outros membros da comunidade acadêmica possam conhecer o
trabalho e emitir opiniões sobre o mesmo

– facilitar a busca de suporte financeiro

II. Questões essenciais presentes no projeto

– o que pesquisar ? (definição do problema, hipóteses e bases teóricas)

– por que pesquisar ? (justificativa quanto à escolha do tema)

– para que pesquisar ? (objetivos e propósitos do estudo)

– como pesquisar ?  (metodologia utilizada)

– quando pesquisar ? ( cronograma de execução)

– pesquisado por quem ? (equipe, pesquisadores, coordenadores, orientadores,
entrevistadores etc)

III. Critérios a serem atendidos pelo projeto

– relevância social

– quais as consequências da realização deste projeto para a sociedade ?

– quem se beneficiará com o projeto ?

– quais foram as prioridades do pesquisador na escolha do tema ?

– qual parcela da população seria beneficiada com o projeto ?

– relevância científica

– trará novos conhecimentos  ?

– indicará com clareza o estado atual do conhecimento a respeito de um
determinado assunto ?

– poderá gerar novas aplicações ou tecnologias ?

IV. O problema de pesquisa

– Um problema é uma questão que pergunta como as variáveis estão interrelacionadas

– Indagações sobre a escolha do tema

– em que sentido o problema é original ?

– terei condições de executar o projeto ?

– tenho recursos materiais e financeiros para a investigação ?

– terei tempo suficiente para finalizar a investigação ?

– Regras para a formulação do problema de pesquisa

 CARACTERÍSTICAS DO ANTEPROJETO:

1.  deve ser formulado sob a forma de pergunta:

é mais direto;
– facilita a identificação do leitor;

 2.  a questão deve ser especificada com clareza:
– deve-se evitar questões gerais, de grande amplitude, pois tais questões não fornecem direções para a busca de  respostas.

3.  o problema deve ser claro e preciso quanto aos termos, pois a linguagem é semanticamente muito rica e um mesmo termo pode possuir várias conotações;

4. os termos do problema devem ser observáveis, mesmo que de forma indireta e deve expressar relações entre duas ou mais variáveis;

5. o problema deve ser apresentado de uma forma que implique possibilidades de testagem empírica;

JÁ A ESTRUTURA DE SEU TCC / MONOGRAFIA DEVE SER FEITO ASSIM:

PRIMEIRA PARTE – APRESENTAÇÃO:

Capa (obrigatório);

Folha de rosto (obrigatório);

Errata (opcional);

Folha de aprovação (obrigatório);

Dedicatória (opcional);

Agradecimentos (opcional);

Epígrafe (opcional);

Resumo em língua vernácula (obrigatório);

Resumo em língua estrangeira (obrigatório);

Sumário (obrigatório);

Lista de ilustrações (opcional);

Lista de abreviaturas e siglas (opcional);

Lista de símbolos (opcional);

SEGUNDA PARTE – APRESENTAÇÃO TEXTUAL  (todas obrigatórias):

Introdução;

Objetivo Geral;

Objetivo Específico;

Método;

Resultado;

Discussão;

Conclusão (no máximo em duas páginas).

TERCEIRA  PARTE – FINALIZAÇÃO 

Referências (obrigatório)

Apêndice (opcional)

Anexo (opcional)

Glossário (opcional)

1.ASPECTOS TÉCNICOS

  • O trabalho deverá ser digitado.
  • Usar papel A4, escrito de um só lado.
  • Margens:    esquerda: 3,5 cm          direita: 2 cm          superior: 3 cm          inferior: 2 cm
  • Parágrafo: iniciar mantendo a margem esquerda, dar dois enter entre um parágrafo e outro.
  • Espaço entre as linhas: um e meio no texto
  • Fonte: Arial
  • Tamanho: 13
  • Para notas de rodapé: tamanho 10
  • Para citação e referência bibliográfica: letra 14 e espaço simples
  • Título: tamanho 14 e em negrito
  • Paginação:> a capa do trabalho não e contada, as páginas de rosto, sumário e a primeira página da introdução são contadas, mas não numeradas.
  • A numeração será iniciada na quarta folha na parte inferior central do papel, com algarismo arábico.

 

DETALHAMENTO DA MONOGRAFIA

 

CAPA

 É a proteção externa do trabalho. No mínimo deve ser impressa em duas cópias em capa dura.

Segundo a  [NBR 14724, 4.1.1] é obrigatória, para proteção externa e sobre o qual se imprimem informações que ajudam na identificação e utilização do trabalho, na seguinte ordem:

 – Nome do autor;

– Título;

– Subtítulo, se houver;

– Número de volumes (se houver mais de um, deve constar em cada capa a especificação do respectivo volume);

– Local (cidade) da instituição onde deve ser apresentado (SÃO PAULO);

– Ano do depósito (entrega).

 

 FOLHA DE ROSTO DO TCC

 É a folha que apresenta os elementos essenciais à identificação do trabalho.

 No anverso da Folha de rosto:

 [NBR 14724, 4.1.2] Os elementos devem figurar na seguinte ordem:

– Nome do autor: responsável intelectual do trabalho;

– Título principal do trabalho: deve ser claro e preciso, identificando o seu conteúdo e possibilitando a indexação e recuperação da informação;

– Subtítulo: se houver, deve ser evidenciada sua subordinação ao título principal, precedido de dois pontos (:);

– Número de volumes (se houver mais de um, deve constar em cada folha de rosto a especificação do respectivo volume);

 – Natureza (TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO) e objetivo (aprovação em CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO LATO SENSU EM DISTÚRBIOS DE APRTENDIZAGEM); nome das instituições a que é submetido e área de concentração (PEDAGOGIA, DIEREITO, MEDICINA, etc.);

 – Nome do orientador e, se houver, do co-orientador;

 – Local (cidade – SÃO PAULO) da instituição onde deve ser apresentado;

 – Ano de depósito (entrega).

FOLHA DE APROVAÇÃO DO TCC

FOLHA DE APROVAÇÃO: autor, título, aprovado em: { … }, nome do orientador, banca examinadora.

 ATENÇÃO: OS ESPAÇOS SÓ SERÃO PREENCHIDOS PELA INSTITUIÇÃO APÓS A  APROVAÇÃO PELA BANCA EXAMINADORA.

[NBR 14724, 4.1.4] Elemento obrigatório, que contem autor, título por extenso e subtítulo, se houver, local e data de aprovação, nome, assinatura e instituição dos membros componentes da banca examinadora

DEDICATÓRIA E AGRADECIMENTO

DEDICATÓRIA: a critério do autor.

AGRADECIMENTO: é interessante que sejam feitos agradecimentos a pessoas e instituições diretamente envolvidas com o trabalho.

NBR 14724, 4.1.5 e 4.1.6] Opcionais. Os agradecimentos são dirigidos apenas àqueles que contribuíram de maneira relevante à elaboração do trabalho

SUMÁRIO E LISTAS

O QUE DIZ A ABNT:

 SUMÁRIO:

[NBR 14724, 4.1.10] Obrigatório, que consiste na enumeração das principais divisões, seções e outras partes do trabalho, na mesma ordem e grafia em que a matéria nele sucede, acompanhado do respectivo número da página.

LISTA DE FIGURAS E DE TABELAS

[NBR 14724, 4.1.11] Opcionais, elaborados de acordo com a ordem apresentada no texto, com cada item acompanhado do respectivo número da página.

LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS

[NBR 14724, 4.1.12] Opcional. Consiste na relação alfabética das abreviaturas e siglas utilizadas no texto, seguidas das palavras ou expressões correspondentes grafadas por extenso.

LISTA DE SÍMBOLOS

[NBR 14724, 4.1.13] Elemento opcional, que deve ser elaborado de acordo com a ordem apresentada no texto, com o devido significado.

RESUMO EM PORTUGUÊS E EM LINGUA ESTRANGEIRA

RESUMO: é a apresentação resumida, clara e concisa do texto, destacando-se os aspectos de maior interesse e importância.Deve ser redigida de forma impessoal, não excedendo 500 palavras. O resumo deve ressaltar o objetivo, o método, os resultados e as conclusões do trabalho.

ATENÇÃO: DEVE SER SEGUIDO DE PALAVRAS CHAVES. Estas num máximo de 05 (cinco)

ABSTRACT: é a tradução para uma língua estrangeira do resumo.

MACETE: Faça o seu resumo em 500 palavras e, depois, vá até o google tradutor e peça para que ele  traduza pra você. Pode apostar que esta é uma boa dica. (Deu certo pra mim).

 O QUE DIZ A ABNT:

 Resumo na língua vernácula

 [NBR 14724, 4.1.8] Elemento obrigatório, que consiste na apresentação concisa dos pontos relevantes de um texto; constitui-se em uma seqüência de frases concisas e objetivas, e não de uma simples enumeração de tópicos, não ultrapassando 500 palavras.

 ATENÇÃO: deve ser seguido, logo abaixo, das palavras representativas do conteúdo do trabalho, isto é, palavras-chave e/ou descritores, conforme [NBR 6028].

 Resumo em língua estrangeira

 [NBR 14724, 4.1.9] Elemento obrigatório, que consiste em uma versão do resumo em idioma de divulgação internacional (em inglês Abstract, em castelhano Resumen, em francês Résumé, por exemplo).

INTRODUÇÃO DO TRABALHO CIENTÍFICO

TRABALHOS CIENTÍFICOS SÃO IMPESSOAIS. NUNCA USE:

INTERESSEI-ME PELO TEMA….

EU E MEUS COLEGAS….

EM MINHA ESCOLA…..

MEU ALUNO…..

MÉTODO (DO TRABALHO CIENTÍFICO)

DIVIDE-SE EM:

TIPO DE ESTUDO

TÉCNICA EMPREGADA

VARIÁVEIS DEPENDENTES

VARIÁVEIS INDEPENDENTES

MÉTODO – TIPO DE ESTUDO (ALGUNS EXEMPLOS)

DISCUSSÃO (DO TRABALHO CIENTÍFICO)

É UMA DAS PARTES MAIS IMPORTANTES DO TRABALHO CIENTÍFICO – TENHA MUITO CUIDADO COM O QUE IRÁ ESCREVER.

ANEXOS (DO TRABALHO CIENTÍFICO)

Anexos? O que diz a ABNT:

[NBR 14724, 4.3.3] Elemento opcional, que consistem em um texto ou documento não elaborado pelo autor, que serve de fundamentação, comprovação e ilustração. Os anexos são identificados por letras maiúsculas consecutivas, travessão e pelos respectivos títulos. Exemplo:

CONCLUSÃO: Esse é o único momento em que o aluno da graduação ou o especialista (pós-graduação) vai expressar a sua opinião. Como dito anteriormente ele não deve ultrapassar 02 páginas e tem que percorrer os aspectos principais do trabalho.

GLOSSÁRIO E ÍNDICE REMISSIVO DO TRABALHO CIENTÍFICO

Glossário

[NBR 14724, 4.3.4] Opcional, que consiste em uma lista em ordem alfabética de palavras ou expressões técnicas de uso restrito ou de sentido obscuro, utilizadas no texto, acompanhadas das respectivas definições.

PROGRAMA PARA ELABORAÇÃO DE TCC/MONOGRAFIA: monografando-10-baixaki-32-bits

EXEMPLO DE MONOGRAFIA JURÍDICA: Monografia de Richard – Direito do Consumidor (EPM) 2012 – Formatação

Autor: Richard Ferreira Lima

foto do autor Richard Ferreira Lima falando dos assuntos:  como fazer uma monografia, trabalhos academicos, monografia, tcc pronto, normas abnt, cursos online gratis, como passar em concurso, concursos abertos, anteprojeto de monografia tcc,

Veja também:

1) Dicas de como resolver provas de concursos públicos;

2) Ritalina e outras drogas da inteligência;

3) Como aprende o Cérebro;

4) Como organizar o tempo e estudar melhor para provas e concursos;

5) Nome sujo pode impedir a posse do servidor público;

6) Como escrever uma monografia ou tcc;

7) Aprenda a ler e entender um edital de concurso;

banner do guia do concurseiro, como fazer uma monografia, trabalhos academicos, monografia, tcc pronto, normas abnt, Como Fazer uma Monografia ou TCC Pronto,

                 

 Esse texto foi útil a você. Então, clique nos botões abaixo e nos ajude a divulgá-lo nas redes sociais.

Rating: 5.0. From 1 vote.
Please wait...

9 Comentários

  1. Jonathan

    Olá, excelente texto, baixei o programa e vou ja testar ele. ^^

    Como você fez para o download ficar direto? Tipo clicar no link e já baixar?

    No votes yet.
    Please wait...
    Responder

    1. ola jonathan… esse foi um programa que me recoimendaram do site baixaqui.com.br e esse era o programa com a maior cotação de downloads e índice de aprovação.
      É só clicar nele e dar OK.
      Em caso de dúvida lá também há um pequeno tutorial pra te ajudar.
      Se ainda assim, houver dúvidas entre em contato comigo que eu prometo ajudar.
      ABS.

      No votes yet.
      Please wait...
      Responder

  2. Gostei muito dessa matéria, eu amo demais esse assunto, recomendo esse site pra todos, sempre que posso dou uma passadinha por aqui, parabéns aos administradores do site. Gosto tanto que criei até um pequeno blog, quem quiser conferir acesse: http://www.comofazerumamonografia.com/

    No votes yet.
    Please wait...
    Responder

    1. Obrigado pelo apoio Jeferson.
      Abs.

      No votes yet.
      Please wait...
      Responder
  3. Arimita de LIMA ARRUDA oLIVEIR

    É muito importante encontrar apoio nas horas que mais precisamos e este aqui é o ideal

    No votes yet.
    Please wait...
    Responder

    1. Obrigado pelo comentário Arimita.
      Espero poder continuar ajudando. Se tiver mais alguma sugestão, sobre monografias, tcc ou outra coisa que queira ver publicado aqui no nosso blog e só postar aqui pra mim.

      Abs. do RICHARD

      No votes yet.
      Please wait...
      Responder

  4. pesquisei praticamente um mês até chegar ao seu site, obrigado pelas dicas

    No votes yet.
    Please wait...
    Responder

    1. Eu é que agradeço Júlio.
      Precisando, estou a disposição.

      Abs. do Richard

      No votes yet.
      Please wait...
      Responder

  5. É nessas horas que precisamos de ajuda, seu artigo é exatamente o que eu estava procurando, muito obrigado Richard pelas dicas.

    No votes yet.
    Please wait...
    Responder

Deixe uma resposta