concordância verbal e nominal – aula 01

Concordância Verbal e Nominal – aula 01

Saiba tudo sobre concordância verbal e nominal e arrebente em provas e concursos públicos

 

RESUMO DA MATÉRIA (RESENHA)

Tópicos:

  1. Concordância Verbal;

  2. Concordância nominal;

  3. Download gratuito de livro em PDF com Tudo sobre o Assunto;

 banner do guia do concurseiro que remete aos assuntos: concordancia verbal e nominal, gramatica para concursos, portugues para concursos, ead, ensino a distancia, cursos online, cursos online gratis, cursos para concursos, concursos abertos, como passar em concurso, questoes de concurso

1 – Concordância verbal:

Na concordância verbal, uma das primeiras coisas a se observar é que o verbo da oração concorda em número e pessoa com o seu sujeito (mais precisamente com o núcleo do sujeito que é um substantivo sem preposição ou seu representante.).

Ex. Os alunos do curso fizeram as tarefas.

Veja: Quem fez as tarefas? Os alunos do curso esse é o sujeito da oração e seu núcleo é alunos que é um substantivo.

Ele saiu cedo.

Veja: Quem saiu cedo? Ele esse é o sujeito da oração, um pronome que é o representante do substantivo.

Cuidado, ao elaborarem provas as organizadoras de concursos costumam pedir a análise de frases onde o sujeito posposto ou anteposto ao verbo vem intercalado por adjuntos adverbiais ou uma por orações deslocadas.

Observe  o exemplo:

“As empresas, nestes dias de concorrência acirrada no mercado, mesmo saindo de um período longo de recessão econômica, investem com austeridade no mercado.”

Aqui o sujeito está afastado do seu verbo por um termo circunstancial de tempo e por uma oração subordinada adverbial concessiva. Todo cuidado é pouco, pois temos que ter em mente, com clareza, quem é o sujeito e quem é seu verbo, para que possamos acertar a concordância.

Observe: Donde vêm, com toda elegância  e beleza, a filha e a mãe?

Neste caso, o sujeito composto requer verbo no plural, mas como ele, o sujeito, está posposto ao verbo, pode este também concordar com o núcleo do sujeito que está mais próximo do verbo, no caso “filha”, podendo o verbo também estar no singular “vem”.

Cuidado com o verbo HAVER: Este, indicando existência, acontecimento ou tempo decorrido, é impessoal e sempre fica na terceira pessoa do singular o mesmo acontecendo com o verbo FAZER se indicar tempo transcorrido ou clima. CUIDADO: diz-se que o verbo está na forma neutra.

Observe: Havia naquela multidão duas pessoas em silêncio.banner do guia do concurseiro que remete aos assuntos: concordancia verbal e nominal, gramatica para concursos, portugues para concursos, ead, ensino a distancia, cursos online, cursos online gratis, cursos para concursos, concursos abertos, como passar em concurso, questoes de concurso

Existiam naquela multidão duas pessoas em silêncio.

Repare que o verbo HAVER fica no singular, pois é impessoal e a oração não tem sujeito, enquanto o verbo “EXISTIR” ficou no plural, pois tem como sujeito “DUAS PESSOAS”.

2 – Na concordância nominal

Já na concordância nominal, o adjetivo concorda em número e gênero com o seu substantivo. Melhor dizendo basta observar o seguinte, palavra que se liga a substantivo deve concordar com ele em número e gênero, se a palavra modificar o verbo ou se ligar a um advérbio ou a um adjetivo, é advérbio, portanto não varia.

Repare: Aqueles dois competentes executivos parecem muito aplicados.

Observe que a única palavra que não variou foi “MUITO” pois está ligada ao adjetivo “APLICADO”, sendo assim, é um advérbio, portanto invariável.

Observe:

As candidatas mesmas reclamaram da prova. A palavra “MESMAS” variou, pois está ligada ao substantivo “CANDIDATAS” é um pronome, concorda em número e gênero.

As candidatas reclamaram mesmo da prova. Aqui a palavra “MESMO” não variou, pois é um advérbio, modifica um verbo “RECLAMARAM”.

3 – Gostaram das dicas…

Querem saber mais sobre o tema e estudar o assunto de uma forma mais completa???

banner do guia do concurseiro que remete aos assuntos: concordancia verbal e nominal, gramatica para concursos, portugues para concursos, ead, ensino a distancia, cursos online, cursos online gratis, cursos para concursos, concursos abertos, como passar em concurso, questoes de concurso,

Então, faça o download gratuito do livro sobre concordância e regência em PDF e bons estudos: CLIQUE AQUI e baixe agora o resumo de concordancia verbal e nominal

Continue estudando conosco. CLIQUE AQUI e veja o segundo vídeo do curso sobre concordância verbal e nominal

 

Outras Matérias Interessantes:

1) Dicas de como resolver provas de concursos públicos;

2) Ritalina e outras drogas da inteligência;

3) Como aprende o Cérebro;

4) Como organizar o tempo e estudar melhor para provas e concursos;

5) Nome sujo pode impedir a posse do servidor público;

6) Como escrever uma monografia ou tcc;

7) Aprenda a ler e entender um edital de concurso;

banner do guia do concurseiro que remete aos assuntos: concordancia verbal e nominal, gramatica para concursos, portugues para concursos, ead, ensino a distancia, cursos online, cursos online gratis, cursos para concursos, concursos abertos, como passar em concurso, questoes de concurso,

 

 

 

No votes yet.
Please wait...